A fotografia filosófica de Atta Kim

Por Adriana Pierre Coca | 31 MAR 2014

Um olhar em busca da evanescência do mundo, que quer retratar a perene existência humana, que acredita que os homens, os objetos e suas relações são igualmente valiosos. As imagens retratadas por Atta Kim partem dessas premissas.

Um dos últimos trabalhos de Kim parece potencializar a crença de que “tudo um dia vai desaparecer”. As imagens do Projeto On-Air (2002-até hoje) podem dar a sensação que estão fora do foco, mas, tratam-se de fotos sobrepostas realizadas com a câmera fotográfica sintonizada para captar as cenas em longo tempo de exposição à luz. Como a fotografia a seguir, de um casal que fez sexo por uma hora sob as lentes atentas do artista.

Segundo Kim, é esse mundo que evanesce que conduz sua busca e produção artística e, embora não se considere um seguidor da filosofia budista, admite que o trabalho que realiza está ancorado em um dos principais conceitos do Budismo, a impermanência.

O corpo humano é um dos elementos centrais dessa busca de Atta Kim.

 

 

Nas cenas concebidas pelo fotógrafo, o corpo ganha novos sentidos e reconfigurações e protagoniza várias séries fotográficas, como o Projeto Museu (1995-2002), no qual os corpos ocupam caixas transparentes de acrílico. Os seres humanos são observados em vitrines como peças em um museu.

f1

f1

]Na série fotográfica Desconstrução (1991-1995), corpos humanos “sem vida” se espalham por paisagens desoladas. Kim parece reforçar a importância de considerar sagrado o que também é inanimado.

Com suas fotografias filosóficas, como classificam alguns críticos, o sul-coreano Atta Kim se consolidou no mundo das artes contemporâneas. Já expôs na Bienal de São Paulo (2002), no International Centre of Photography, em Nova Iorque (2006) e na Bienal Internacional de Artes de Veneza (2009). Este ano, a promessa é voltar a exibir suas obras em Seul, depois de seis anos distante do país natal.

É Atta Kim que inaugura a série de posts do Blog Corporalidades sobre fotografia. A partir de agora, no início do mês, vamos apresentar trabalhos de fotógrafos de todo o mundo que tratam o corpo de maneira singular.

REFERÊNCIAS

The Project Atta. Disponível em: < http://www.attakim.com/recentproject/ > Acesso em: 29/03/2013.

SOBRE A PESQUISA

O site telerrecriação trata da pesquisa da Profa. Dra. Adriana Pierre Coca que investiga os aspectos teóricos e metodológicos das rupturas e reconfigurações de sentidos na teledramaturgia brasileira.

Contato

Adriana Pierre Coca
E-mail: pierrecoca@hotmail.com